O CREA nos ISP’s

O sistema CONFEA/CREA deixou de arrecadar a partir de 2018 a anuidade de mais de meio milhão de Técnicos Industriais – categoria onde estão inclusos os Técnicos em Eletrônica e em Telecomunicações. Com estes técnicos se foram também muitas empresas que possuem como responsável um Técnico Industrial.Sabemos o que acontece quando os órgãos necessitam de recursos.

De uma maneira geral, as unidades dos CREA’s em todo o Brasil iniciaram no segundo semestre uma fiscalização nas empresas. Se a sua empresa possuía registro no CREA tendo a responsabilidade sob um destes profissionais que deixaram o Conselho de Engenharia e não providenciou a regularização junto ao CFT, vai receber fiscalização. Outra situação que também está no radar desta operação é aquela que, embora a empresa já esteja regularizada no CFT mas não deu baixa no registro do CREA e desta forma está irregular nesta última.

É bom reforçar que o registro regular no CFT é o suficiente para atender as exigências da Anatel e a empresa pode sim cancelar o registro no CREA – alguns fiscais tentam convencer do contrário!