Mudou o SICI?

Ha poucas semanas a ANATEL aprovou resolução 712/2019 – Coleta de dados Setoriais, que versa sobre alteração de coleta de dados das Prestadoras e Operadoras dos vários serviços de telecom. O objetivo é evitar a solicitação de dados em duplicata e dados que na verdade não servem para quase nada além de gerar trabalho e custo para as Prestadoras.

No que tange o SCM, a resolução elimina alguns itens do SICI, que tanto podem ainda ser informados quanto podem seguir com valor “zero” usando o padrão de arquivo atual.

O detalhe intrigante é que justamente um dado que é fornecido em duplicidade – o “Faturamento Bruto” que também é informado no SFUST e não foi excluído. A não exclusão, juntamente com a não atualização do sistema gerou a necessidade de um “artifício técnico” para que o SICI não acuse erro: mesmo tendo sido excluído o campo “Faturamento Líquido”, a Prestadora deverá preenche-lo com o mesmo valor do “Faturamento Bruto”.

A resolução deixa a cargo da equipe operacional da agência a revisão da lista de itens exigíveis. A próxima alteração possivelmente se dará quando forem definidos novos índices de qualidade para o SCM que possam mostrar a qualidade percebida pelo usuário do serviço.
Fontes: Anatel, CG&Consultores, Teletime, TeleSíntese, IP News