Compartilhamento de postes

No dia 29 último, se reuniram em Brasília a Abrint, ANATEL, ANEEL e CEMIG para tratar do TAC de regularização das redes nos postes de algumas cidades de Minas Gerais. É um projeto piloto da associação onde a CEMIG aceitou participar e as agências estão dando apoio. As cerca de 35 empresas que aderiram a participação no projeto se comprometem a regularizar as suas instalações e a distribuidora aceita usar o preço referência, acertando um passivo de no máximo 12 meses para ambos os lados. A CEMIG apresentará o texto do TAC conforme discutido em 15 dias.
No último dia 30, se reuniram em Campinas a Abranet, Abramult e a CPFL para discutir soluções para a ocupação desordenada dos postes. Na ocasião a CPFL mostrou o seu sistema de documentação on-line, se mostrou disposta a colaborar (mostrado o case de São Carlos) e ouviu reinvindicações que levou para estudos.
Também no último dia 30, a Eletropaulo informou que passa a retirar as redes não identificadas nos postes que controla. O cronograma anunciado, mostra alguns bairros da capital paulista e segue até junho de 2019.